21.06 2016

Resenha: Base Fit Me! Maybelline

maquiagem

Desde que eu comprei a base Fit Me! de Maybelline e postei no meu Instagram (@juhhpadilha) e na fan page, minhas meninas ficaram eufóricas para que eu trouxesse logo uma resenha dela aqui no blog. Demorei, mas cá estou eu pra contar tudo o que achei desse lançamento da Maybelline!

base fit me maybelline

base matte fit me

De acordo com a marca, a base Fit Me! tem efeito matificante e contém micropartículas que tem a função de absorver a oleosidade e disfarçar imperfeições. Além disso, essa base promete reduzir a aparência dos poros e controlar o brilho por até 12 horas.

Já existe uma outra versão da Fit Me! que faz bastante sucesso lá fora, porém não é vendida aqui no Brasil. Acredito que a fórmula dessa nova Fit Me! seja diferente, pois a própria Maybelline diz que essa base foi criada especialmente para a pele das brasileiras.

19 cores? É isso mesmo, produção?!

Antes de falar o que achei de fato sobre o efeito da base, vamos dar aquele abraço apertado e cheio de muito amor na Maybelline, que lançou a base em 19 cores diferentes. Não, você não leu errado. 19 cores. DEZENOVE CORES! Quem tem pele negra  como eu e sente dificuldade em encontrar o tom ideal, tenho quase certeza que com essa base isso não vai acontecer. É pra glorificar de pé, né não?! Agora vamos cruzar os dedinhos e torcer para que as demais marcas sigam o exemplo. Obrigada, de nada.

base fit me em 19 cores

A variedade de cores é tão grande, que quando eu fui comprar fiquei super em dúvida de qual tom escolher (inclusive, recomendo que testem as bases na pele antes de comprar). No final das contas, fiquei com a 220, mas acho que a 230 também serviria pro meu tom de pele.

Achei a base bem líquida e bem facinho de espalhar. Não é aquele tipo de base que você precisa aplicar “correndo” pra não manchar, sabe?! Por ter uma textura bem fluída,  a aplicação pode ser feita sem pressa. Após a aplicação, o resultado é uma pele bem sequinha, achei o acabamento na pele semelhante ao de um pó.

base fit me pele negra
foto sem efeito com a maquiagem pronta

Assim como a Maybelline promete, a base Fit Me! realmente deixa um efeito matificado na pele, mas bem natural ao mesmo tempo. Por ser uma base líquida, a camada na pele é fina, e isso impede que a pele fique com aquele aspecto de “reboco”.

Sem base, com base e maquiada
Sem base, com base e maquiada

A cobertura da Fit Me! é média, mas puxada pro leve. De fato ela cobre parcialmente algumas imperfeições e reduz um pouco a aparência dos poros, mas devo confessar que senti um pouco de falta de uma cobertura mais potente. Por conta disso, acho que essa base é mais indicada pro dia-a-dia, ou para aquelas pessoas que não tem muitas manchinhas e imperfeições no rosto. De qualquer forma, vale lembrar que a cobertura fica melhor quando aplicada uma segunda camada.

Sobre a fixação, achei similar às demais bases pra pele oleosa. O produto transfere um pouco, mas não é nada absurdo. Notei que ao longo do dia minha pele começou a apresentar aquele brilho típico de quem tem pele oleosa, especialmente na zona T, ou seja, não controlou a oleosidade durante o dia todo. De qualquer forma, achei que ela até demorou bastante para apresentar tais sinais, então, tá valendo!

De um modo geral, gostei bastante dessa base, tenho usado bastante! Me agrada muito o fato de ela deixar um efeito mais natural na pele, apesar de matificado.

Fiz um vídeo mostrando a aplicação e falando mais alguns detalhes sobre a Fit Me! de Maybelline. O bacana é que em vídeo dá pra ver a textura da base durante a aplicação! Vem conferir! Não esqueça de se inscrever no canal se ainda não for inscrita! 😉

A base matte Fit Me! de Maybelline custa em média R$38,00 e pode ser encontrada em grandes farmácias, drogarias e nos quiosques da Maybelline. Para mais informações, acessem o website da marca.

E vocês, já conheciam a base matte Fit Me! de Maybelline? Se sim, o que acham dela? Me contem nos comentários!

Comente usando o Facebook

Deixe o seu comentário!



Break Feminino © Todos os direitos reservados
2010 - 2016